Reserva de Emergência antes de qualquer coisa

Você está preocupado com a sua aposentadoria e por isso quer focar toda a sua capacidade de guardar dinheiro para isso. Ótimo, imagino então que já tenha uma reserva de emergência constituída, certo? Não?! Então antes de qualquer objetivo, é por aí que você deveria começar.



Há vários motivos pelos quais ter uma reserva de emergência antes de investir para outros objetivos, como a aposentadoria, é crucial. Vamos a eles:


- Imprevistos são previsíveis. Com toda a certeza eu lhe digo que vão acontecer coisas na sua vida que você não espera. Isso acontece com todos. Por isso, o imprevisto é previsto. Você pode bater o carro, alguém próximo vai falecer, algum amigo ou familiar vai precisar da sua ajuda, o cano do banheiro vai estourar, seu computador vai pifar de um dia pro outro, etc.


- Quando você tem uma quantia guardada para emergências, você se torna uma pessoa mais tranquila, mais livre, ao menos financeiramente. Isso acontece porque você sabe que tem respaldo. Qualquer coisa que aconteça, você logo pensa: “ah, se isso acontecer, eu uso minha reserva de emergência”. Além da boa sensação, isso lhe traz mais segurança para arriscar. Arriscar mudar de emprego, mudar de cidade, de companheiro(a), de vida. E, no fim, você vai ver que vai precisar menos do que imagina da sua reserva porque vai se sair bem nas suas empreitadas e pode ser mais realizado.


- Você não precisa mexer no seu plano de aposentadoria. Imagine que você tem uma quantia aplicada para a sua aposentadoria e que você faz aportes mensais para chegar onde deseja. No entanto, tudo que você tem aplicado está destinado para isso. Agora imagine que houve uma tormenta na sua região que destelhou sua casa e danificou as instalações elétricas. Você vai precisar gastar em torno de R$ 10 mil para deixar tudo em ordem. Você terá que resgatar das suas aplicações. Como isso vai impactar no seu plano de aposentadoria? Quanto tempo a mais vai ter que trabalhar? Quanto a mais por mês vai ter que aportar?


- Você consegue montar uma carteira de longo prazo mais eficiente. Como você tem dinheiro imediato para as emergências, na sua carteira de longo prazo, você pode fazer aplicações menos líquidas, com prazos de vencimentos mais longos. Normalmente são essas aplicações que rendem mais. Dessa forma, a sua carteira voltada para a aposentadoria, por exemplo, pode ficar muito mais rentável.


- Você continuará dono de si. Não precisará recorrer a amigos, familiares ou, pior, a bancos ou financeiras, caso aconteça alguma coisa. Segundo pesquisa do Banco Central, a maior causa de superendividamento no país é devido a acontecimentos inesperados na vida das pessoas.


Esses são os motivos mais fortes para se ter uma reserva de emergência. Você acrescentaria outros ainda? Fique à vontade para fazer isso nos comentários.


Por fim, duas dicas:

1. Você não precisa ter toda a reserva de emergência para começar a investir para a aposentadoria. Pode ir aplicando para as duas coisas ao mesmo tempo. Quando chegar na quantia suficiente para a emergência, passe a aplicar somente para a aposentadoria.


2. Caso o valor acumulado para a emergência não seja suficiente para pagar por algo urgente, use o que você tem guardado para a aposentadoria. É ruim, mas é melhor que uma dívida.



Mauro Amado

Cofundador da Vital


#Vital #GuiaDaSuaAposentadoria #Aposentadoria #OGuiaVital #Reserva #Emergencia

88 visualizações

Vamos conversar?

Dúvidas?
Fale com a gente

contato@vitalfinancas.com.br

(51) 99802.8681 | (51) 98221.3338

Av. da Azenha, 295 | Porto Alegre/RS

SITE VITAL - imagens.png

Liberdade Financeira

  • Facebook Vital
  • Instagram - Vital
  • LinkedIn - Vital
  • YouTube - Vital

© Vital por Carpes – 2018